Foto: Divulgação

Governador de São Paulo Geraldo Alckmin libera R$ 137 milhões para o Pró-Trator e Pró-Implementos, pelo Feap, e anuncia ainda um regime especial para devolução de ICMS retido para indústrias de máquinas e implementos

INFORMAÇÕES AGRISHOW 2017
BOLETIM 4
As perspectivas da Agrishow 2017 – 24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação são altamente positivas. Na solenidade de abertura, realizada nesta segunda-feira (01/05) o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou decretos para aberturas de crédito para os programas Pró-Trator e o Pró-Implementos, no valor de R$ 137 milhões, pelo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap), e que também estabelece um regime especial para a devolução de ICMS retido para as indústrias de máquinas e implementos, no valor de R$ 30 milhões.
O governador destacou que a feira é um sucesso e que pode atrair cerca de 150 mil visitantes em cinco dias, acrescentando que no mesmo decreto assinado pessoas físicas e empresas rurais têm a ampliação da utilização do crédito de ICMS para as compras de caminhões, furgões e carrocerias. “Também estamos liberando R$ 120 milhões da Fapesp (Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) só para os nossos institutos de pesquisa do nosso Estado”, disse Alckmin. O governador paulista também destacou o convênio com municípios para as recuperações de 400 quilômetros de estradas vicinais pelo programa Melhor Caminho, com financiamento do Banco Mundial, pelo programa Microbacias 2.
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que, como é do ramo, existe a preocupação com o produtor rural e sua renda, para que tenha mais eficiência no campo, fornecendo alimentos para os brasileiros e consumidores de mais de 150 países. “O produtor é uma enciclopédia ambulante, conhece muito, tem potencial”, comentou Maggi. “Temos que buscar uma saída para não perder esse capital, que é o conhecimento do produtor”, emendou o ministro, referindo-se às grandes divergências sobre as taxas de juros para o setor, além do recolhimento do Funrural definido pela Justiça. “O produtor rural não suporta mais 5% de juros ao ano, pois é uma atividade de altíssimo risco”, finalizou Maggi.
O presidente do Conselho de Administração Abimaq, João Carlos Marchesan, agradeceu ao governador pelo decreto de devolução do ICMS retido, que é importante para o setor de indústrias e implementos agrícolas. Ele destacou ainda que nos últimos anos o agronegócio demonstrou sua produtividade e eficiência na economia brasileira e que o produtor rural precisa de incentivo para produzir, transportar e armazenar e que essa pujança não pode desaparecer. “Uma prova disso é que o setor de máquinas agrícolas registrou um crescimento de 5,2% no número de empregos no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2016”, informou.
Antes da solenidade de abertura, em encontro com a imprensa, os executivos das entidades realizadoras avaliaram que a edição de 2017 deve superar o volume de negócios da edição de 2016, que foi de R$ 1,95 bilhão. “Todo o cenário está montado para realizarmos um excelente evento”, afirmou José Danghesi, diretor de feiras da Informa Exhibitions, promotora da feira. “O que esperamos é que não sejam criados nenhum embaraço para o crescimento esperado”, complementou o presidente da Agrishow e da Faesp – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo, Fábio Meirelles.
O presidente da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Carlos Corrêa Carvalho, enfatizou a importância da Agrishow para a modernização das cadeias produtivas da produção agrícola nacional. Já David Roquetti, diretor executivo da ANDA – Associação Nacional para Difusão de Adubos destacou o amplo leque de produtos e serviços que a feira proporciona aos visitantes. Para o presidente da Sociedade Rural Brasileira, Marcelo Vieira, os expositores da Agrishow contribuem, de forma decisiva, para aprimorar a competitividade do agronegócio brasileiro.
O presidente de honra da Agrishow, Maurilio Biagi Filho, e o presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas, da Abimaq, Pedro Estevão Bastos de Oliveira, também participaram da coletiva de abertura do evento, que será promovido até o dia 5 de maio, em Ribeirão Preto, São Paulo. Ambos preveem crescimento de 15% nas vendas de máquinas e implementos neste ano, em relação ao ano anterior.
A Agrishow está sendo realizada de 1º a 5 de maio, em Ribeirão Preto (SP), e é uma iniciativa das principais entidades do segmento no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira. O evento é organizado pela Informa Exhibitions, integrante do Grupo Informa, um dos maiores promotores de feiras, conferências e treinamento do mundo com capital aberto.

PRÊMIO BRASIL AGROCIÊNCIA É ENTREGUE AO “PAI DA SOJA” NO BRASIL
Durante a solenidade de abertura da Agrishow 2017, o Prêmio Brasil Agrociência foi entregue ao engenheiro agrônomo Romeu Afonso de Souza Kiihl, considerado o “pai da soja” no Brasil. Com mais de cinquenta anos dedicados à pesquisa para o melhoramento genético da soja, ele foi um dos responsáveis pela adaptação da oleaginosa no país. O Prêmio foi dado pelo presidente da Agrishow e da FAESP, Fabio Meirelles, pelo presidente de Honra da Agrishow, Maurilio Biagi, pelo ex-Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, e pelo diretor executivo da ANDA, David Roquetti.
Já a Homenagem da Agrishow foi concedida à Rede Globo de Televisão, pela campanha “Agro: A Indústria-Riqueza do Brasil”. O editor chefe do Globo Rural, o jornalista Humberto Pereira, recebeu a homenagem do governo de São Paulo, Geraldo Alckmin e dos executivos das entidades realizadoras da feira: Fabio Meirelles (Faesp), João Carlos Marchesan (Abimaq), Luiz Carlos Corrêa Carvalho (Abag), David Roquetti (Anda), e Marcelo Vieira (SRB).

Banco do Brasil lança Investimento Agro Digital na Agrishow 2017
O Banco do Brasil lançou na Agrishow 2017 – 24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que acontece até 5 de maio, em Ribeirão Preto (SP), o Investimento Agro Digital, em que é possível receber pelo aplicativo BB propostas de financiamento para aquisição de máquinas, equipamentos e veículos destinados a produção agropecuária.
Ao fazer a simulação de seu financiamento, o cliente poderá verificar as linhas de crédito que melhor atendem suas necessidades. Depois, basta escolher uma das soluções de crédito e enviar a proposta. O Investimento Agro Digital está disponível para os produtores rurais da agricultura empresarial de todo o país, desde que estejam com cadastro atualizado, sem restrições impeditivas e com limite de crédito.

Sobre a Agrishow
Considerada uma das três principais feiras de tecnologia agrícola do mundo e a maior e mais importante na América Latina, a Agrishow é vitrine das mais avançadas tendências e inovações tecnológicas para o agronegócio. Idealizada pelas principais entidades ligadas ao agronegócio brasileiro – ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira –, a Agrishow é organizada pela Informa Exhibitions. Palco do sucesso do agronegócio brasileiro, atrai anualmente um público altamente qualificado, formado, em sua maioria, por produtores rurais de todo o território nacional e do exterior, interessados em conhecer as novidades em termos de máquinas, implementos agrícolas, sistemas de irrigação, acessórios, peças, entre outros produtos, das principais empresas do setor.