Foto: Divulgação

Carlão Pignatari tem liderado o Programa Estadual de Desestatização para dar eficiência administrativa ao governo de SP

Foi aprovado pela Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que permite a concessão de parte do Parque Estadual Fontes do Ipiranga – que engloba o Zoológico de São Paulo, o Zoo Safári, o Jardim Botânico e ainda permite a exploração de atividades de educação ambiental, recreação, lazer, cultura, ecoturismo e serviços associados.
“É rico o potencial que a região possui e que infelizmente o Estado não consegue estimular plenamente – agora temos a oportunidade de somar forças com a iniciativa privada e potencializar o uso da área”, destacou Carlão Pignatari que é líder do governo João Doria e que tem liderado o Programa Estadual de Desestatização.
Agora, a Lei deve ser sancionada pelo governador e então aberto processo licitatório que permitirá empresa administrar por até 35 anos o Parque e nesse período realizar a manutenção e a conservação da área, a modernização do espaço, a construção de novos atrativos e a reforma de equipamentos e prédios existentes.
Carlão entende que a desestatização permite a gestão estadual tenha maior eficiência administrativa e comemora o resultado da votação que aprovou o projeto de lei. “É somar forças para focar na melhoria dos serviços públicos”, finalizou.