Fotos: André Silva / PBR
Direitos Reservados.

A cidade de Las Vegas, em Nevada, viu as cores verde e amarelo subir ao pódio duas vezes, autenticando o Brasil como um celeiro de grandes atletas de montarias em touros.
O destaque veio para Kaique Pacheco, campeão mundial pela temporada 25TH PBR: Unleash The Beast, organizado pela PBR (Professional Bull Riders), maior campeonato de montarias em touros do mundo. O resultado rendeu ao atleta o prêmio de US$ 1 milhão de dólares em dinheiro e seu nome escrito como o 10º título da modalidade para o Brasil.

A temporada de Kaique Pacheco começou com uma importante vitória no início do ano. O primeiro título ocorreu em Nova Iorque. Dali para frente, foram 10 vitórias ocorridas além do título. Das 105 montarias que fez, parou em 56 touros, com um aproveitamento de 53,33%.
“Tivemos por várias vezes mais brasileiros que outros competidores entre os dez melhores do mundo. Esse ano tínhamos a certeza que o título viria para o país, só não sabíamos de quem seria. Nas últimas etapas, com o domínio de Kaique, ficou mais claro que ele tinha tudo para ser o campeão esse ano”, comentou Adriano Moraes, atualmente diretor da PBR Brasil.


Além de Kaique, o Brasil levantou o troféu do esporte com atletas campeões como Adriano Moraes (1994, 2001, 2006), Silvano Alves (2011, 2012, 2014), Ednei Caminhas (2002), Guilherme Marchi (2008) e Renato Nunes (2010), provando o quanto o país é um grande celeiro de atletas para a montarias em touros.
Kaique é um dos convocados para defender o verde e amarelo durante a Global Cup nos dias 9 e 10 de fevereiro, no Texas, com a participação das seleções do Brasil, Estados Unidos, Canadá, México e Austrália.

ETAPA DE LAS VEGAS
A bandeira brasileira também foi hasteada com Marco Eguchi. O competidor foi o campeão da etapa de Las Vegas, uma das mais importantes para o esporte, somando 2050 pontos, terminando como quinto colocado no ranking mundial.