Fotos: Créditos SENEPOL NOVA VIDA

Dono da holding de franquias multissetoriais SMZTO, José Carlos Semenzato rende-se às oportunidades do agro e lançou a primeira franquia de genética do País, em parceria com a Senepol Nova Vida

José Carlos Semenzato

Em um dia de campo, o empresário José Carlos Semenzato anunciou sua primeira investida no agronegócio: a Senepol Brasil Franquias, que terá como foco reprodutores bovinos da raça Senepol. A holding de franquias multissetoriais SMZTO espera movimentar R$ 1,5 bilhão com nove marcas (diversos segmentos) e mais de 1.100 unidades franqueadas.
Da parceria com a Senepol Nova Vida, nasceu o que ele e os sócios Ricardo Arantes e João Arantes Neto chamam de Fábrica de Touros Senepol, que se posiciona como a primeira franquia de genética bovina do País. A meta é ambiciosa: produzir e comercializar 20.000 touros Senepol/ano em sistema de franchising. Neste primeiro ano de operações foram negociados 500 reprodutores, número que deve saltar para 5.000 touros em cinco anos e, aos poucos, alcançar o volume pretendido.

“O mercado de franquias é maduro no Brasil, crescendo cerca de 8% ao ano. Quando observamos a Fábrica de Touros Senepol, estimamos um crescimento bem maior, pela carência de genética que há na pecuária de corte. Produzir a quantidade que desejamos é um grande desafio, mas chegaremos lá no médio/longo prazo, com a adesão de novos franqueados e a capacidade do Senepol em elevar o rendimento do produtor em até 30%”, disse Semenzato.
Existem mais de 210 milhões de bovinos distribuídos em todo o território nacional, sendo quase a metade composta por fêmeas em idade reprodutiva. O negócio também é favorecido pela preferência de 90% dos produtores pela monta natural. Estamos falando em risco zero, principalmente aos pequenos e médios produtores, que, muitas vezes, não dispõe de grandes áreas de pastagem para formar plantel e escalonar a produção, o grande segredo no mundo do franchising. Por meio da franquia é como se os pecuaristas se tornassem sócios da genética JAJ, uma marca já consagrada no mercado nacional e internacional, além de ter acesso a todo o know-how da Senepol Nova Vida.

Senepol em números
Uma das principais características do Senepol é a produção de carne macia, mesmo apresentando baixa porcentagem de gordura corporal. Entretanto, provas de ultrassonografia apontam linhagens com potencial para transferir marmoreio, aquela gordura entremeada que confere características gourmets à carne.

Quanto mais produtores experimentam essas vantagens, mais o Senepol avança, contabilizando quase 900 criadores e 100 mil animais registrados em mais de 17 Estados. Cerca de 300 mil doses de sêmen de touros Senepol foram comercializadas em 2018, segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA).
Os plantéis mais robustos estão Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás. O crescimento anual do rebanho Senepol gira em torno de 20% ao ano e deve expandir ainda mais após o surgimento de projetos como a Fábrica de Touros Senepol. Em decorrência dos ganhos gerados pelo choque de sangue nos cruzamentos, o Senepol consegue elevar a rentabilidade do pecuarista comum acima de 30%.

DCIM/100MEDIA/DJI_0160.JPG


Os touros Senepol cobrem uma média maior de vacas e são ativos por até dez anos. O índice de prenhez da vacada com touro Senepol é superior a 90%. Outro importante diferencial de quem usa touro Senepol para cruza é a obtenção de 100% de heterose.
“A Fábrica de Touros é um projeto muito importante, dada a pujança do Senepol no Brasil. É uma iniciativa alinhada com as estratégias e diretrizes estabelecidas pela ABCB Senepol. São ações como essa que têm levado ao crescimento sustentável do Senepol”, finaliza Pedro Crosara, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol).


Semenzato, Rick, Neto Arantes, Rodolfo Alves e Nestor