lustração – Divulgação

Servidores que atuam nos Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária usarão as instalações com equipamentos de última geração para possibilitar mais testes durante pandemia
Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Affas) realizarão testes para diagnósticos da Covid-19 nos Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária, os LFDAs. A medida foi divulgada na última terça-feira (24) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e amplia a participação direta que os Affas têm no combate à pandemia. “Os LFDAs dispõem de Affas especialistas em virologia, diagnóstico laboratorial e biossegurança”, conta o diretor de Política Profissional do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), Antônio Andrade. “Esses servidores têm um vasto conhecimento da área e têm plenas condições de realizar diagnósticos em larga escala. Além disso, têm experiência em lidar com os vírus que causam doenças em animais, muitas transmissíveis para humanos”, continua. No total, o Mapa disponibilizou 84 laboratórios para auxiliar na detecção de casos da Covid-19, com capacidade para analisar 76 mil amostras por dia. Desses, cinco são LFDAs, localizados em Porto Alegre (RS), Recife (PE), Goiânia (GO), Campinas (SP) e Pedro Leopoldo (MG). Os Affas que atuam nos laboratórios são extremamente qualificados e acostumados a usar os equipamentos RT-PCR, que são referência na confirmação de casos de Covid-19. Mesmo sendo usados para diagnósticos, os laboratórios continuarão atuando nas atividades de defesa agropecuária. “Os LFDAs possuem equipamentos e materiais de última geração à disposição dos Affas”, diz Antônio Andrade. “Esse é um exército que pode muito bem ser usado nessa luta para conter a pandemia”, continua. Os esforços dos laboratórios se somam à atuação constante dos Affas para manter o abastecimento de alimentos e produtos de origem animal e vegetal em meio à crise. Os servidores mantêm serviços essenciais à população mesmo com a falta de equipamentos de proteção individual, como máscaras e luvas, colocando-se em risco de contaminação – principalmente aqueles que trabalham em portos, aeroportos e postos de fronteiras. O Anffa Sindical acompanha de perto a situação e está formando um comitê de crise para trabalhar em novas medidas de apoio aos Affas a fim de manter os serviços essenciais em um momento tão delicado quanto esse.
Sobre os Auditores Fiscais Federais Agropecuários O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) é a entidade representativa dos integrantes da carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário. Os profissionais são engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários e zootecnistas que exercem suas funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras. Atualmente existem 2,7 mil fiscais na ativa, que atuam nas áreas de auditoria e fiscalização, desde a fabricação de insumos, como vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos etc., até o produto final, como sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites etc.), laticínios, ovos, méis e carnes. Os profissionais também estão nos campos, nas agroindústrias, nas instituições de pesquisa, nos laboratórios nacionais agropecuários, nos supermercados, nos portos, aeroportos e postos de fronteira, no acompanhamento dos programas agropecuários e nas negociações e relações internacionais do agronegócio. Do campo à mesa, dos pastos aos portos, do agronegócio para o Brasil e para o mundo.

Compartilhar