Legenda: Gusttavo Lima cantou até o amanhecer no palco da Arena da Festa do Peão de Barretos. Com direito a churrasco, show teve mais de cinco horas de duração (foto: Bruno Revolta)

Noite de sábado da Festa do Peão de Barretos contou com uma programação musical de 30 horas, em três palcos espalhados no Parque do Peão. Destaque da noite, o Embaixador Gusttavo Lima cantou ao público até 9h15 deste domingo

Uma noite para ficar na história da Festa do Peão de Barretos. O evento se transformou em um grande festival de música. Em três palcos espalhados no Parque do Peão (Estádio, Festeja e Culturando) foram quase 30 horas de música simultâneas. O destaque foi para a apresentação do Embaixador da Festa 2017, Gusttavo Lima. O artista cumpriu o desafio lançado de cantar até o amanhecer no palco pelo segundo ano consecutivo. O show produzido especialmente para Festa durou mais de cinco horas, com direito a churrasco em cima do palco principal.
Uma grande queima de fogos por volta das 4 horas da madrugada anunciou a chegada do artista. O público presente do Estádio de Rodeios foi ao delírio com o início da aguardada apresentação. Gusttavo Lima abriu o espetáculo com o sucesso “Que Pena que Acabou”, e logo deu o recado aos fãs: “Quem vai ficar até às 7 horas da manhã levanta o braço”. O cantor foi além do horário estipulado, e ficou até 9h15 no palco. Henrique & Juliano e Dennis DJ se apresentaram ao público na mesma noite.
O cantor estava mesmo disposto a levar os fãs à exaustão. “Hoje vai ser um dia inesquecível na vida de vocês e na minha também. Todo mundo hoje está aqui para fazer história, e se não for pra fazer história eu nem venho”, disse. A segunda música foi “Preciso Me Curtir Bem Mais”. Gusttavo Lima interagiu muito com o público: “Cadê as meninas solteiras de Barretos”.
No show, o artista fez menção a magia do palco da Arena barrete se: “Esse palco aqui é abençoado”. Gusttavo chamou o presidente da Associação Os Independentes, Hussein Gemha Junior, e o diretor cultural Ricardo Rocha, em agradecimento ao título de Embaixador. “Já eternizei Barretos na minha história e me lembro da minha apresentação no palco do Berrantão, em 2011. Hoje é uma das datas mais especiais da minha carreira”, afirmou.
Hussein Gemha retribuiu afirmando que Gusttavo Lima foi um dos artistas que mais fez jus ao título. “Você é 10, é do bem, humilde e vestiu a camisa de Barretos”, enfatizou o presidente de Os Independentes.
Ricardo Rocha disse que o cantor mereceu ser nomeado como Embaixador da Festa de Barretos. “O Gusttavo vai cumprir o que disse de cantar até o amanhecer novamente, e nós queremos ver essa arena lotada até pela manhã, pois são vocês que fazem – A Festa do Brasil”.

Sucessos e churrasco
O cantor fez um passeio por sucessos do início da carreira, como “60 segundos”, “Inventor dos Amores” e “Cabelo Cor de Ouro”, e sucessos lançado no último álbum de trabalho – 50/50. Um dos momentos emocionantes no show foi o coral de milhares de vozes da música “Homem de Família”.
Além das suas canções, Gusttavo Lima recebeu outros cantores no palco, como a dupla Rick e Rangel, do o sucesso “Pen Drive de Modão”, Gustavo Miotto, Gilberto & Gilmar”, Roby & Thiago, também dividiram o palco com o Embaixador da Festa.
Às 6 horas, com o sol já chegando, Gusttavo Lima trouxe ao palco uma churrasqueira. A produção do cantor cuidou de montar o boteco no palco da Arena. Convidados do artista e diretores de Os Independentes foram acomodados no “boteco” montado em cima do palco. Com óculos de sol e chapéu, acompanhado de uma multidão, Gusttavo Lima cantou diversos sucessos da música sertaneja e, até outros gêneros.
O pai do artista, seu Alcino, acompanhou o show do filho no palco e até cantou ao público: “Pedaço da Minha Vida”. Em vários momentos, Gusttavo e o público cantavam: “eu não vou embora”.
Depois de mais de cinco horas de apresentação no palco do Estádio, Gusttavo Lima encerrou o show às 9h15, cantando o sucesso “Que Pena que Acabou”. O cantor ajoelhou no palco e fez uma saudação de agradecimento ao público.

Compartilhar