Foto: Divulgação
Leilão Central para os Amigos eleva padrão genético de pequenos e médios criadores a um novo patamar

Os empresários Aluísio Favaro e Wanderley Zucoloto promoveram, de 1 a 4 de abril, com transmissão pelo Canal do Boi, uma “semana” de vendas de genética da raça Senepol. O grande diferencial do evento foi que os touros, as receptoras com bezerros ao pé, as prenhezes, as aspirações e as doses de sêmen ofertadas movimentaram R$ 1,4 milhão, mesmo provenientes de fazendas fora dos holofotes dos leilões das grandes marcas.
O remate reuniu animais em coleta na Central Senepol LAB FIV, sediada em Marília (SP) e pertencente aos dois empresários. Favaro atribui o resultado à estratégia escolhida pela empresa de entregar soluções completas em reprodução também a pequenas e médias propriedades, onde pôde identificar e multiplicar os melhores animais.
“A valorização do Senepol nos grandes centros de produção de carne bovina tem atraído novos criadores em grande escala, mas faltava assistência para que estes criadores ingressassem no mercado de imediato”, explica Favaro, informando que a variabilidade genética apresentada no leilão atraiu para a raça Senepol 37 novos criadores de treze estados diferentes.
As médias de preço atingiram R$ 12.600,00 para os touros classificados como elite em provas de desempenho, R$ 9.830,00 para reprodutores rústicos a campo, R$ 10.340,00 para novilhas e R$ 8.440,00 para receptoras com bezerros Senepol puros ao pé, além de faturar R$ 14.100,00 com a venda de doses de sêmen e R$ 8.100,00 com a comercialização de oócitos (aspirações).
“Construir uma marca exige tempo, capacitação e investimento no melhoramento genético do rebanho, mas a Central Senepol permite encurtar esse caminho”, comprova o médico-veterinário Wanderley Zucoloto, sócio-proprietário da empresa. O Leilão Central para os Amigos, encerrado com uma venda diferenciada de doadoras, reuniu dez criadores que começaram há menos de cinco anos na raça.
Agora, a Central Senepol LAB FIV planeja um dia de campo especial, que deve ocorrer no mês de junho, onde se terá acesso a palestras técnicas, exposição de animais, visita técnica ao laboratório e a realização de um shopping de animais. No dia 5 de setembro, durante a Exposição Agropecuária de Uberlândia – CAMARU’ 2019, também ocorrerá o principal remate da central, o 1º Leilão Reserva Central Para os Amigos, com a oferta de 35 doadoras provadas em testes de desempenho e fertilidade.